Você está visualizando atualmente Hipertensão, como controlar em casa

Hipertensão, como controlar em casa

A hipertensão arterial, popularmente conhecida como tensão alta, é uma doença crónica que afeta milhões de pessoas em todo o mundo. Ela ocorre quando a pressão arterial, a força exercida pelo sangue nas paredes das artérias, está constantemente elevada, o que pode sobrecarregar o coração e outros órgãos do corpo.
A hipertensão é um fator de risco significativo para doenças cardiovasculares, isto é, se a sua tensão arterial estiver elevada aumenta a probabilidade de desenvolver uma doença cardiovascular como acidente vascular cerebral (AVC), doença cardíaca coronária, insuficiência cardíaca e doença renal crónica, entre outras complicações graves.
A boa notícia é que a hipertensão pode ser controlada e monitorizada em casa por meio de medidas adequadas de cuidados de saúde.

Neste artigo, discutiremos a hipertensão em detalhe, abordando causas, fatores de risco e como controlá-la, passando também pelo papel da alimentação na hipertensão. Iremos ainda orientar para a melhor forma de medir a sua pressão arterial em casa, de forma correcta. 

O que é a hipertensão?

A hipertensão é definida como uma pressão arterial sistólica (máxima) igual ou maior que 130 mmHg e/ou uma pressão arterial diastólica (mínima) igual ou maior que 80 mmHg, em pelo menos duas medidas consecutivas, com intervalo de tempo adequado, em adultos. 


Quais as causas principais da hipertensão?

A hipertensão arterial pode ser causada por vários fatores, incluindo:

Fatores genéticos

A predisposição genética pode influenciar na ocorrência da hipertensão arterial. Se tem parentes próximos, como pais ou irmãos, diagnosticados com essa doença, o risco de desenvolvê-la também pode ser maior.

Estilo de vida pouco saudável

Hábitos de vida pouco saudáveis, como obesidade, dieta rica em sal, baixa ingestão de potássio, consumo excessivo de álcool e cafeína, sedentarismo, tabagismo e stress crónico podem aumentar o risco de desenvolvimento de hipertensão arterial.

Condições médicas subjacentes

Certas doenças crónicas , como diabetes tipo 2, doenças renais ou apneia do sono,

Na maioria das vezes (cerca de 90%) as causas da hipertensão relacionam-se com hábitos e estilo de vida. Os restantes 10% de casos de hipertensão arterial têm causas orgânicas, como algumas alterações hormonais ou algumas doenças, e muitas vezes a causa nunca chega a ser conhecida.

hipertensão como medir


Papel da alimentação na hipertensão

A alimentação desempenha um papel crucial na prevenção e controlo da hipertensão arterial.
Uma dieta saudável pode ajudar a manter a pressão arterial em níveis adequados, além de proporcionar outros benefícios para a saúde em geral.

Aqui estão algumas dicas alimentares importantes para prevenir e controlar a hipertensão:

  1. Reduza o consumo de sódio: O sódio é um mineral presente em muitos alimentos, especialmente em alimentos processados como fast-food e alimentos enlatados. O consumo excessivo de sódio (sal) pode levar ao aumento da pressão arterial, pois  retém água no organismo, aumentando o volume sanguíneo e, consequentemente, a pressão do sangue nas artérias. Portanto, é importante limitar o consumo de alimentos ricos em sódio e optar por temperos naturais, ervas e especiarias para dar sabor às refeições.
  2. Aumente a ingestão de potássio: O potássio é um mineral que ajuda a regular o equilíbrio de fluidos no organismo e pode ajudar a reduzir a pressão arterial. Alimentos como banana, laranja, melão, abacate e vegetais como batata-doce, espinafre, tomate e brócolos.. É importante ter um equilíbrio adequado entre o consumo de sódio e potássio para manter a pressão arterial controlada.
  3. Adote uma dieta rica em frutas, vegetais e grãos integrais: Esses alimentos são naturalmente baixos em gorduras saturadas e colesterol, e são ricos em fibras, vitaminas, minerais e antioxidantes, que ajudam a manter a saúde cardiovascular em geral.
  4. Limite o consumo de álcool: o seu consumo excessivo pode aumentar a pressão arterial. O consumo de álcool deve ser moderado não excedendo, uma bebida por dia para mulheres e até duas bebidas alcoólicas por dia para homens.
  5. Evite o consumo de alimentos ricos em gorduras saturadas e trans: O consumo excessivo de gorduras saturadas e trans pode levar ao aumento do colesterol LDL (colesterol mau) no sangue, o que pode contribuir para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares, incluindo hipertensão arterial. Reduzir o consumo de alimentos ricos em gorduras saturadas, como carnes gordurosas, alimentos fritos e alimentos processados, e evitar alimentos que contenham gorduras trans adicionadas, como margarina e alimentos processados ajuda a prevenir o aumento da pressão arterial.
  6. Controle o consumo de açúcar: O consumo excessivo de açúcar pode contribuir para o ganho de peso, aumento da pressão arterial e desenvolvimento de diabetes tipo 2, o que pode aumentar o risco de hipertensão arterial. É importante limitar o consumo de açúcar adicionado em alimentos e bebidas, como refrigerantes, sumos de frutas açucarados, doces e sobremesas, e optar por fontes naturais de açúcar, como frutas frescas.

hipertensão como medir em casa - alimentaçao


Medição da pressão arterial em casa

Conhecer os seus valores da tensão arterial é fundamental.
A hipertensão não apresenta, na maior parte dos casos, qualquer tipo de sintomatologia.
A hipertensão não se sente, mede-se!
Se sofre de hipertensão e toma medicação, a medição regular da pressão arterial em casa é uma ferramenta muito importante no controle da sua doença. Esta medição em casa diminui muito o erro associado ao
síndrome de bata branca que habitualmente faz subir a tensão, quando medida em ambiente médico. 

Descubra como medir a pressão arterial em sua casa, de forma adequada:

  1. Escolha um medidor de pressão arterial confiável

    Existem muitos tipos de medidores de pressão arterial disponíveis no mercado.
    Os tensiómetros manuais ou analógicos são os mais tradicionais (também chamados de esfigmomanómetros) têm um estetoscópio para ouvir o batimento do coração, uma braçadeira, e um manómetro para medir a tensão.
    Os
    medidores de tensão digitais podem ser de braço ou de pulso, são mais modernos e mais simples de utilizar.
    É importante escolher um medidor de pressão arterial aprovado por órgãos reguladores  e verificar a sua precisão e calibração regularmente.

  2. Siga as instruções do fabricante

    Cada medidor de pressão arterial pode ter instruções específicas para uso e medição. Siga sempre as instruções do fabricante quanto a: 

  • colocação
  • posição do corpo
  • tempo de espera entre medições
  • leitura dos resultados
  1. Faça medições regulares

    É recomendado medir a pressão arterial em casa regularmente, de acordo com as orientações do seu médico. Anote as leituras num diário ou aplicação de saúde para acompanhar as mudanças ao longo do tempo para que depois as possa partilhar com o seu médico. É importante compartilhar as leituras de pressão arterial obtidas em casa, para que o médico  possa avaliar o controle da pressão arterial e ajustar o tratamento, se necessário.

  2. Meça em condições adequadas

    A pressão arterial varia ao longo do dia e em diferentes situações.
    Deve ser medida num ambiente calmo e relaxado, sem stress ou ansiedade, e após pelo menos 5 minutos de repouso.

     

Esteja ciente dos fatores que podem afetar a pressão arterial:  exercício físico recente, consumo de cafeína, tabagismo e stress, podem afetar temporariamente a pressão arterial. É importante evitar esses fatores antes de medir a pressão arterial em casa, para obter leituras precisas.

 

Conclusão
A hipertensão arterial é uma condição de saúde séria que pode aumentar o risco de doenças cardiovasculares, como doença cardíaca, acidente vascular cerebral e insuficiência renal. A alimentação adequada desempenha um papel importante na prevenção e gestão da hipertensão, juntamente com outras medidas como a prática regular de atividade física, a diminuição de stress, a cessação do tabagismo e o uso adequado de medicamentos prescritos pelo médico. Além disso, a medição regular da pressão arterial em casa é uma ferramenta valiosa para controlar a hipertensão. Ao seguir as orientações de medição corretamente e partilhar as leituras com o médico, é possível obter uma melhor monitorização e controlo da pressão arterial. 

Fale com um profissional de saúde para um diagnóstico correto e um plano de tratamento adequado para o seu caso específico.

 

FONTES
Sociedade Europeia de Hipertensão Arterial 
Sociedade Portuguesa de Hipertensão

Deixe um comentário